Name

Matheus Vianna

About

Formado no curso de Cinema e Vídeo pela Faculdade de Tecnologias e Ciências de Salvador, Matheus Vianna acumula no seu repertório trabalhos com cinema, publicidade, marketing político e videoclipes. Ainda na faculdade conquistou prêmio de Melhor Produção Baiana na 34° Jornada de Cinema da Bahia com o curta “O Flautista”, trazendo Lúcio Tranchesi no elenco e Hamilton Oliveira na Direção de Fotografia.

Em 2010, Vianna participou da competitiva do III Los Angeles Brazilian Film Festival com os curtas “Pares” e “Berço Esplêndido”, tendo Fernando Meireles como presidente do júri. Realizou em 2011 “O Tricolor Voltou”, seu longa metragem de estreia, que alcançou a marca de 30 mil DVDs vendidos. Em seguida, foi convidado como Diretor Assistente do longa “Bahêa, Minha Vida”, documentário nacional mais visto no circuito comercial em 2011. Com o curta “Corte Seco” ganhou o prêmio de Melhor Fotografia no 18* Vitória Cine e Vídeo.

Em 2012, ao lado de Daniel e Diego Lisboa, dirigiu o videoclipe do músico baiano Lucas Santtana “O Deus que Devasta mas Também Cura”, eleito como melhor videoclipe no 12* Curta SE e do Movida Vivo. Participou como diretor de cena das campanhas de Manuela D’Ávila (Porto Alegre), Nelson Pelegrino (Salvador), Fernando Haddad (São Paulo) e Hugo Chávez (Venezuela). Seu trabalho mais recente é o curta de ficção “Alegoria da Dor”, em fase de montagem.